Quanto vale a sua pousada hoje? Aprenda como calcular o valor do seu negócio.

A tecnologia dá ao setor hoteleiro novas formas de mensurar e avaliar o desempenho dos negócios. Monitorar os indicadores de performance (KPIs) é uma forma de tornar o gerenciamento da empresa mais eficiente, permitindo otimizar os lucros, cortar gastos e tomar decisões mais informadas. Este são alguns dos indicadores mais importantes para hotéis e pousadas:

Taxa de ocupação

Este indicador refere-se a porcentagem de quartos ocupados em um determinado período de tempo, refletindo quão cheio (ou vazio) a propriedade está. O cálculo é feito dividindo o número de quartos ocupados pelo total de quartos disponíveis, e multiplicando o resultado por 100, para obter a porcentagem.

A taxa de ocupação revela principalmente a performance da propriedade em diferentes períodos do ano, como na alta ou baixa temporada. Embora uma taxa de ocupação alta seja um bom sinal, é importante lembrar que o objetivo principal do negócio é maximizar os lucros, e não ter todos os quartos sempre ocupados.

ADR (Taxa Média Diária)

Este indicador refere-se ao valor médio pago pelos hóspedes por um quarto em um determinado dia. O cálculo é feito dividindo a receita total dos quartos pelo número de quartos ocupados. Esta é uma forma simples de avaliar o desempenho da propriedade dia após dia, ou comparar o desempenho atual com o mesmo período no passado.

Monitorar a ADR é importante para determinar o valor mínimo da diária para o negócio ser lucrativo. Uma taxa de ocupação baixa e uma ADR alta (ou vice-versa) pode significar que um reajuste seja necessário.

RevPAR (Receita por Quarto Disponível)

Este indicador refere-se à receita média gerada por cada quarto da propriedade, independentemente de estarem ocupados ou não. O cálculo é feito dividindo a receita total dos quartos pelo número de quartos em um determinado período, ou multiplicando a Taxa Média Diária (ADR) pela taxa de ocupação.

Por exemplo: se num determinado dia há 20 quartos disponíveis pelo preço de R$200 a diária e uma taxa de ocupação de 80%, gerando uma receita total de R$3.200, é possível chegar à RevPAR de duas formas: dividindo R$3.200 por 20, ou multiplicando R$200 por 80%. De qualquer forma, chegamos ao resultado de R$160. Este cálculo assume que todos os quartos têm o mesmo preço.

Esta métrica é considerada a mais importante para avaliar o desempenho e crescimento do negócio, pois faz um balanço entre a Taxa Média Diária (ADR) e a taxa de ocupação, e permite comparar-se aos concorrentes da região.

No entanto, um dos problemas com a RevPAR é que ela não leva em consideração os custos operacionais do hotel, nem a receita gerada por outras fontes, como alimentação, bebidas e comissões. Por isso, não pode ser usada para avaliar a lucratividade da propriedade.

Como alternativa, a TrevPAR (Receita Total por Quarto Disponível) e o GOPPAR (Lucro Operacional Bruto por Quarto Disponível) permitem um cálculo mais realista da performance do hotel, contabilizando despesas e outras fontes de receita, mas isso é assunto para outro momento.

O importante é não depender unicamente de uma só métrica, já que cada uma delas avalia aspectos diferentes do negócio. Utilize sempre indicadores em conjunto para ter uma ideia mais precisa sobre o desempenho do seu hotel ou pousada.

3 comentários em “Quanto vale a sua pousada hoje? Aprenda como calcular o valor do seu negócio.”

  1. Pingback: Como determinar o preço por noite do seu hotel » Hoteli Tech

    1. Obrigado Thiago.

      Esperamos ter ajudado.

      Se tiver interesse em algum tema, referente a hotelaria, que não conste em nosso blogue, deixe aqui nos comentários que providenciaremos o mais rápido possível.

      Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.